Planejamento previdenciário

O planejamento previdenciário é todo o conjunto de organização e preparação necessário para que seja possível ao trabalhador, seja ele da área que for, aposentar-se com o melhor benefício e de forma rápida e desburocratizada.

Mesmo com tantas mudanças na previdência, todo profissional ainda sonha em poder aposentar-se com tranquilidade e desfrutar de uma merecida fase da vida em que se pode aproveitar o lado bom de tudo o que se plantou durante a carreira, não é mesmo? Para isso existe o planejamento previdenciário.

Planejar-se é essencial para que a aposentadoria siga conforme o esperado. De nada adianta, por exemplo, contribuir com um salário mínimo se a expectativa é aposentar-se com uma renda de, por exemplo, R$ 5 mil mensais. Da mesma forma, contribuir com um valor alto nem sempre é o melhor caminho para todas as pessoas. É por isso que o planejamento previdenciário é tão importante: para auxiliar a todos no processo de aposentadoria, que envolve vários requisitos e demanda organização, atenção e assessoria jurídica de um profissional competente.

Como é feito o planejamento previdenciário?

Muitas pessoas não têm ideia do quanto o processo de aposentadoria pode ser burocrático caso não sejam cumpridas todas as exigências ou não sejam entregues todos os documentos necessários para que o profissional se aposente.

Antes de entrar com o pedido de aposentadoria, e tão importante quanto ele, é o planejamento previdenciário, que é um estudo preliminar que determina o quanto uma pessoa ainda precisa contribuir para a previdência social para, enfim, ter direito à aposentadoria.

Na prática, além desse estudo, o planejamento previdenciário envolve uma análise jurídica especializada, que vai informar à pessoa que deseja se aposentar qual o valor da sua aposentadoria quando ela tiver o direito de se aposentar.

Esse cálculo é uma estimativa realizada a partir de uma projeção a longo prazo – que pode ser feito com base em 10, 20 ou 30 anos – e que não considera, portanto, mudanças nas regras da previdência, inflação ou possíveis reajustes.

Quem pode fazer o planejamento previdenciário?

O planejamento previdenciário é feito por advogados especialistas em direito previdenciário, sendo esses profissionais plenamente capacitados para auxiliar o trabalhador em tudo o que ele necessitar durante o processo.

Uma das vantagens de contar com o trabalho de um advogado para realizar o planejamento previdenciário é que você terá acesso às informações corretas, com embasamento legal e segurança técnica. Isso reduz muito o risco de fazer um planejamento inadequado ou mesmo ineficiente.

Afinal, a aposentadoria deve ser justamente uma fase de conforto e regozijo após uma vida inteira dedicada à área profissional, qualquer que seja ela. Nada mais frustrante do que um embate e desgaste emocional para alcançar um status almejado durante toda a vida.

Poder contar com um advogado é ter um auxílio valiosíssimo. É ele quem vai oferecer informações seguras e te assessorar de maneira sólida e segura, que vai garantir que você receberá o valor correto. O advogado previdenciário pode auxiliar até mesmo os trabalhadores que vão protocolar pedido de aposentadoria via INSS.

Planeje-se, pesquise e busque profissionais capacitados para te ajudarem nessa jornada rumo à aposentadoria. Outra boa dica é jamais tentar aventurar-se sem ter a certeza de que um advogado irá te auxiliar nesse processo.

Agora que você já sabe tudo sobre planejamento previdenciário pode começar a pensar na sua aposentadoria de maneira segura e prática. Consulte alguns profissionais e, após avaliar as competências de cada um, escolha aquele com quem você mais se identificar. Depois, é só começar a planejar a sua nova vida pós-aposentadoria. Não deixe de fazer o planejamento previdenciário e evite surpresas desagradáveis.

Posts relacionados

Advogado Especialista em Assessoria Jurídica
A complexidade legal para abertura e operação de empresas no Brasil demanda que os negócios, independentemente do porte e segmento, precisem do auxílio de um advogado especialista em assessoria jurídica para mitigar problemas com a observância …

Direito para startup: Como funciona?
Com a expansão desse modelo de negócio, os empreendedores precisam pensar desde o primeiro momento no direito para startup, garantindo que a empresa emergente esteja em conformidade com as questões legais exigidas. Ainda que tenha característi…

Quando contratar uma consultoria jurídica?
Apesar da expectativa do empresariado para 2020 estar mais positiva, alcançando os 80% conforme reportagem publicada pelo jornal DCI, é fundamental que os gestores sejam mais preventivos quando o assunto é o controle de gastos. Isso inclui não so…