Dicas trabalhistas para empregados

O direito do trabalho possui um arcabouço específico e esparso, o que o implica dizer que por diversas vezes não está sintetizada apenas em documento, o que dificulta o seu conhecimento.

Se você está em dúvida sobre o que vale ou não em relação aos direitos trabalhistas na relação de trabalho, levantando algumas informações que podem ajudar a esclarecer melhor o assunto.

Fique atento às informações que constam na carteira de trabalho

A legislação trabalhista é taxativa quando exige que a relação de trabalha seja formalizada pela através da carteira de trabalho, devendo ser assinada antes do início das atividades e devolvida no prazo máximo de 48 após a admissão.

No entanto, muitos empregadores, para se esquivar das obrigações, como INSS e FGTS, acabam não assinando a carteira e estabelecendo uma relação de trabalho informal, o que deixa o empregado desamparado contra uma série de direitos, como doença ocupacional, férias, auxílio-maternidade, entre outros.

Por isso, fique de olho nas informações que constam na carteira de trabalho, como data da admissão, salário, comissões, gratificações ajustadas e abonos pagos pelo empregador.

Procure fazer uma leitura atenta da sua convenção coletiva, até porque este documento traz diversos benefícios tais como: plano de saúde, valor do vale alimentação, piso salarial, dentre outros.

Posts relacionados

Entenda como funciona a reclamação trabalhista
Muitas pessoas buscam saber como funciona a reclamação trabalhista de olho em uma possível reparação após se sentirem lesadas, de alguma forma, por uma empresa com quem possuíam vínculo empregatício. Dentro da extensa área de direito trabal…

Direito trabalhista: Assessoria Jurídica Trabalhista em tempos de crise
Estar atento a todos os detalhes do direito trabalhista é um cuidado que deve estar sempre entre as prioridades de todas as empresas, de modo a evitar futuras dores de cabeça com passivos trabalhistas e outras dúvidas relacionadas às obrigações…

Verbas Rescisórias na Pandemia (COVID-19)
Diante do atual cenário nunca vivenciado pelos brasileiros, com a pandemia e, consequentemente, o estado de calamidade pública decretado pelo Governo Federal, muitos trabalhadores têm dúvidas quanto às verbas a serem pagas pelas empresas em cas…