fev. 15

Advocacia preventiva ajuda a diminuir gastos com empregados

Tags:




assessoria jurídicaA advocacia preventiva tem como principal objetivo garantir que, por meio de ações consultivas realizadas pelo advogado, haja a minimização dos prejuízos e inclusive aumento de lucro para o empresário, com isso há uma atuação proativa do profissional na abordagem das questões jurídicas da empresa.

A assistência jurídica permite ao empresário mais segurança legal, com acompanhamento durante a elaboração de documentos e contratos e inclusive redução de gastos com as demandas trabalhistas.

Dessa forma é possível minimizar os riscos e custos da empresa, evitando reclamações trabalhistas e também demandas extrajudiciais.

Quais os benefícios da advocacia preventiva?

A redução de riscos jurídicos para o empresário já é um dos principais benefícios da advocacia preventiva, mas não o único.

Uma série de demandas podem ser atendidas e assessoradas pelo profissional visando a maior redução de custos para a empresa. Entre as situações nas quais uma assessoria jurídica se torna fundamental estão:

Análise de contratos

A contenção de problemas judiciais também deve ser pensada na formulação de contratos, sejam eles comerciais, administrativos ou mesmo de editais de licitações, aumentando a segurança do empresário.

Com o auxílio do advogado será possível evitar cláusulas abusivas e que comprometam o equilíbrio do negócio. Na esfera empresarial ainda haverá assistência para questões como:

  • Planejamento societário e sucessório;
  • Direitos trabalhistas dos empregados;

Contenção

A principal vantagem da advocacia preventiva é a contenção, reduzindo gastos e oferecendo mais segurança jurídica ao empresário por meio de adoção de medidas preventivas, com o auxílio de um advogado que estará sempre disponível para a resolução mais eficiente dos problemas.

Entretanto, essa prática também será útil para ações judiciais em trâmite, por exemplo.

Escritório de advocacia preventiva

Um equívoco constante entre empresários é acreditar que a assessoria jurídica só será útil para grandes empresas, o que não é verdade.

Esse tipo de acompanhamento consultivo será fundamental na economia e segurança de pequenas e médias empresas, o que permitirá um crescimento mais saudável do empreendimento, evitando demandas trabalhistas desnecessárias.